quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Dica de Leitura: O Livro da Bruxa



Calma! não se trata de nenhuma bruxaria (risos).
Eu ganhei esse livro de uma amiga e gostaria de dividir com meus queridos leitores essa experiência, a leitura é fascinante, cada capítulo nos dá uma lição mágica de como ver a vida através de um novo prisma, tornando as coisas comuns do dia-a-dia em magia!
Não deixe de conferir! Depois de ler com certeza você verá o mundo com outros olhos!
Boa leitura! 

PrefácioSempre acreditei que as bruxas fossem uma lenda... até recentemente.
De fato, elas existem. Compartilhei uma pequena viagem com uma delas e aprendi novas formas de ver o mundo.
Também foi desfeita a imagem que eu tinha de uma bruxa: velha, magra,nariz comprido com uma verruga, queixo pontiagudo, cabelos desarrumados, dedos finos, olhos esbugalhados e vestida num manto preto com capuz.
A bruxa que conheci é uma senhora de aparência absolutamente comum, bem no estilo das boas e sábias vovozinhas.
Após encontrá-la, em pouco tempo fui arrastado para uma aventura inesquecível. E só quando já estava irremediavelmente envolvido percebi a genialidade de seu disfarce.
Ela também não usou um caldeirão nem ingredientes exóticos como olhos de cobra e asas de morcego para fazer uma poção. Mestre na arte da bruxaria, trabalhou apenas com elementos do cotidiano. Um desenho no papel, um carro velho atrapalhando o trânsito, crianças brincando, uma semente, um ventilador e outras coisas comuns transformaram-se diante de meus olhos em valiosíssimas lições.
Contudo, só depois percebi qual tinha sido sua maior mágica. As bruxarias que tanto me impressionaram no início foram apenas fagulhas de algo muito mais intenso. Sua grande obra foi me transformar.
Então compreendi o enorme poder atribuído às bruxas nos contos de fadas. Elas podem, sem dúvida, transformar pessoas em sapos, ou viceversa.
Felizmente o meu caso foi o segundo.
Depois de conhecê-la, comecei a perceber como o mundo é um lugar fantástico, muito mais do que a maioria de nós imagina.
Agora também sei que este livro é parte do encantamento que ela lançou sobre mim.
Deste modo, fique ciente, caso pretenda prosseguir na leitura, que está se arriscando a ser submetido ao mesmo feitiço.
Depois não vá me acusar pelas transformações que podem acontecer em sua vida.
Alegarei completa inocência.